Imóvel de posse: é seguro?
16 de abril de 2017
Como colocar o seu imóvel para alugar com segurança?
26 de julho de 2017

Alugar através de imobiliária pode ser mais fácill?

couple embracing in front of new big modern house, outdoor rear view back looking at their dream home

Entenda o processo de alugar um imóvel em imobiliária e as facilidades.

Na hora de alugar um imóvel, muita gente se pergunta o que vale mais a pena: alugar em uma imobiliária ou alugar direto com o proprietário? Há quem pense que negociar direto com o proprietário torne o processo mais fácil e menos burocrático.

Porém, quem aluga direto está se expondo a diversos riscos.

As imobiliárias, por outro lado, vêm se atualizando para tornar o processo de aluguel mais simples e rápido (diferente do que acontecia alguns anos atrás). Assim, alugar um imóvel com o apoio de uma imobiliária pode ser mais ágil, além de representar muito mais vantagens para locadores e locatários.

Entenda melhor como funciona o aluguel em imobiliária e porque esse tipo de negociação costuma ser mais fácil e vantajosa para ambas as partes:

– Documentos

Ao alugar um imóvel em imobiliária, o interessado precisa apresentar apenas alguns documentos (os mesmos que você precisaria para abrir uma conta em um banco ou fazer um cadastro em uma loja, por exemplo). São eles:

  • RG e CPF,
  • Comprovante de residência e
  • Comprovante de renda.

Normalmente, esses documentos nem precisam ser entregues fisicamente. Basta enviá-los por e-mail (ou até por WhatsApp) e a análise costuma ser rápida, em geral, em menos de 24 horas. O processo garante mais segurança para todas as partes e é bem simples.

 

– Garantias

Além dos documentos do próprio locatário, também costuma ser necessário ter alguma garantia. Negociando com uma imobiliária, o inquilino, geralmente, tem a opção de apresentar um dos seguintes modelos de garantia:

> Fiador

Se o inquilino optar por ter um fiador, basta que sejam enviados, junto aos documentos do inquilino, os documentos do fiador; a saber:

  • RG e CPF;
  • Comprovante de residência;
  • Comprovante de renda;
  • Comprovante de posse de imóvel.

O fiador pode, inclusive, residir em outra cidade. O comprovante de residência pode ser de qualquer lugar do território nacional. Basta que a renda comprovada pelo fiador seja de três vezes o valor do aluguel, o que também pode ser feito colocando mais de um fiador no contrato, para composição da renda solicitada. E se isso não for possível, o locatário pode, simplesmente, optar por outro modelo de garantia.

Assim como no passo anterior, os documentos podem ser enviados pela Internet e a análise é rápida. Não há burocracia.

> Seguro-fiança

Outra opção de garantia, no aluguel em imobiliária, é obter um seguro-fiança, o que tem se tornado cada vez mais fácil com as diversas alternativas de seguros oferecidas pelo mercado atualmente.

Com a entrada de novas operadoras no mercado e a maior oferta, essa modalidade de seguro tem taxas cada vez mais competitivas. E com o bom relacionamento entre operadoras e imobiliárias, as porcentagens cobradas sobre o valor do aluguel também têm sido reduzidas.

Além do mais, o custo do seguro é diluído ao longo do contrato de aluguel, dando mais comodidade ao locatário. E a opção pelo seguro ainda oferece benefícios extras, incluindo serviços de reparos hidráulicos, elétricos e em eletrodomésticos, bem como consultorias para resolver problemas com computadores e descontos em transportadoras, por exemplo.

> Título de capitalização

O título de capitalização funciona como uma espécie de caução do aluguel em imobiliária, mas o dinheiro aplicado fica em posse de uma seguradora ou de um banco; não fica em posse da imobiliária nem do locador. Ou seja, o recurso fica seguro e disponível para ser ressarcido ao locatário, conforme o que estiver estabelecido em contrato.

E a opção pelo título de capitalização também inclui serviços, como chaveiro, eletricista, encanador e vidraceiro. Além de ser uma modalidade de investimento premiável e com diversas opções de vigência.

É importante notar que, nos casos de aluguel direto, o proprietário também costuma exigir uma garantia. Mas, normalmente, só é oferecida ao locatário a opção de pagar uma caução em dinheiro. E o fato desse dinheiro ficar em posse do locador pode acabar gerando, em alguns casos, situações bastante complicadas, como atrasos na devolução da caução, usos indevidos do recurso, além de outras discordâncias entre as partes.

Como em um aluguel direto com o proprietário, a negociação, muitas vezes, é feita às margens da lei, o locatário fica sujeito a riscos variados. Além dos mencionados problemas relacionados à caução, o locador pode, ainda, requerer a saída do inquilino antes do prazo negociado, por exemplo. Ou seja, alugando direto, quem fica sem garantias é o locatário.

E mesmo que a opção direta pareça, para alguns, ser mais simples ou mais barata, podem ser altos os custos, se for necessário um processo judicial para resolver possíveis discordâncias como as citadas, além de ser burocrático.

Alugando em uma imobiliária, por outro lado, o locatário já dispõe de serviços voltados à sua proteção e orientação. Está amparado pelo contrato, pela equipe de especialistas da imobiliária e pela lei. E o melhor, todas as partes têm garantias; confira só:

– Vantagens

Alugar um imóvel contando com os serviços de uma imobiliária protege o inquilino de diversos riscos.

Para começar, o locatário conta com uma vistoria completa do imóvel antes da locação. E a imobiliária tem a obrigação de informá-lo sobre quaisquer irregularidades que o imóvel possua previamente. Assim como sobre questões legais pendentes, questões ambientais e/ou de segurança que possam comprometer a habitabilidade do imóvel.

Ou seja, contando com uma boa imobiliária, o locatário pode ficar seguro de estar alugando um bom imóvel. E quem é que não quer alugar um bom imóvel sem precisar ter dor de cabeça, não é?!

Outra vantagem é contar com a proteção do Código de Defesa do Consumidor, uma segurança que não existe no caso de negociações diretas. Aliás, alugando em uma imobiliária, o inquilino tem muito mais respaldo jurídico, dispõe do apoio de profissionais especializados no ramo e sempre tem com quem contar quando precisa.

Toda a negociação é intermediada pela imobiliária, de forma transparente, com respeito e orientações claras e justas para ambas as partes. E mesmo após o fechamento do contrato, a imobiliária continua dando apoio a locatários e locadores, seja no sentido de contatos ou de orientações necessárias, bem como no sentido de continuidade do amparo jurídico.

Aliás, optar por uma imobiliária é optar por ter apoio de quem entende do assunto. Ou seja, você pode contar com especialistas que conhecem bem o mercado, sabem quais as opções disponíveis e podem lhe orientar melhor para encontrar exatamente o que você deseja.

No aluguel direto com proprietário, a negociação geralmente é imprecisa, baseada em achismos (e também nas emoções do proprietário em relação ao seu imóvel). Além disso, o locatário não pode contar com instruções e orientações certeiras, pois o locador sempre será parcial em relação ao seu próprio imóvel.

Por outro lado, em uma boa imobiliária, você pode contar com especialistas que têm conhecimento técnico e experiência no assunto. Profissionais que buscam conhecer o perfil do cliente, de forma individual e personalizada, para descobrir o imóvel que seja realmente mais adequado. E que vão além da busca e da negociação, realizando a conciliação das diferenças, com habilidade para aproximar as partes, solucionar situações diversas e oferecer todo amparo jurídico, de manutenção, de marketing, de pós-venda, etc. (e isso é superimportante!). Assim, mesmo em situações não previstas, a imobiliária pode ajudar na solução.

No caso da Santa Ilha, por exemplo, há até uma equipe de manutenção especialmente treinada pela imobiliária para realizar manutenções em imóveis locados. Assim, os locatários podem contar, quando necessário, com serviços de mão-de-obra especializados, com bons preços e garantia de qualidade. Não precisam correr atrás de materiais e profissionais, como precisariam no caso de uma locação direta. A própria imobiliária realiza toda a orientação ao locatário (incluindo esclarecimentos sobre responsabilidades das partes), além do acompanhamento do serviço. Bem mais fácil, não é mesmo?

A comodidade é outro benefício de optar pelo aluguel em imobiliária, já que, normalmente, são oferecidos serviços de pagamento via boleto bancário, sendo possível realizar a quitação sem sair de casa, até pelo app bancário do smartphone. Já quem opta pela locação direta, muitas vezes, precisa fazer o pagamento em espécie ao locador, precisando deslocar-se ao banco e expondo-se a riscos.

Para evitar contratempos como esses, imobiliárias completas, como a Santa Ilha, oferecem portais com acesso exclusivo aos locatários, em que é possível encontrar os boletos para pagamento online, bem como os comprovantes. No caso específico da Santa Ilha, os clientes ainda têm até acesso ao fechamento do histórico anual para fins de declaração do Imposto de Renda.

Além de tudo, como vimos, alugar um imóvel em imobiliária é um processo simples e sem burocracia, mas que tem muito mais garantias e vantagens para todos os envolvidos. Por isso, vale a pena contar com uma instituição de confiança na hora de escolher o melhor imóvel para viver ou para montar o seu negócio do jeitinho que você sempre sonhou.

Comprove toda essa facilidade e segurança para alugar um imóvel: entre em contato com a Santa Ilha pelo [email protected] ou www.santailha.com.br

Redação: Marketing Santa Ilha

Felipe Coin Bacichette
Felipe Coin Bacichette
Felipe fornece as informações técnicas e mercadológicas para a produção de todo o conteúdo do Blog Santa Ilha. É administrador de empresas, especialista no mercado imobiliário e apaixonado pela arte de entender e atender as pessoas. Gaúcho de Caxias do Sul, foi lá que iniciou a vida de empreendedor e adquiriu experiência em grandes marcas do mercado imobiliário. Mora em Florianópolis-SC desde 2013, onde fundou a Santa Ilha Imóveis e encontrou o equilíbrio entre a realização profissional e a qualidade de vida. É casado e tem uma filha que já nasceu com os pés na areia ; )

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *