SUNCLUB Campeche Beach Residence: Escolha viver melhor!
25 de dezembro de 2019

Saiba por que imóveis no Sul da Ilha são a melhor opção na hora de investir

 

Começou 2020 e você ainda está em dúvida sobre qual investimento vale mais a pena? Bolsa de valores? Ouro? Dólar? Bitcoins? Esqueça a insegurança, a alta volatilidade e o pânico do mercado. Estamos em uma nova Era de Ouro do mercado imobiliário no Brasil. E vamos te explicar por que esse é o momento de investir em imóveis em Florianópolis – e especialmente no Sul da Ilha – se você quer um investimento focado no longo prazo, seguro e com valorização.

2020 iniciou com temor no mercado em geral, tanto no Brasil quanto no restante do mundo. O avanço do coronavírus, a disputa dos preços dos barris de petróleo, a guerra comercial entre EUA e China, a proximidade da eleição presidencial norte-americana e diversos outros fatores contribuíram para que o ano começasse em pânico.

Após um ano de altas em 2019, a Bolsa de Valores brasileira começou 2020 em queda. O ápice das baixas fez a Bovespa, principal índice da B3, desabar 12,7% no dia 9 de março deste ano. Foi a maior queda percentual registrada desde setembro de 1998. Uma queda e tanto! O dólar está batendo os R$ 5 e a insegurança toma conta do mercado.

O que fazer então?

Qual investimento pode trazer mais segurança e, mesmo assim, valorização?

A resposta é: invista em imóveis!

Apesar das inseguranças do mercado em geral, os índices que valem a pena serem olhados para quem quer comprar um imóvel estão cada vez melhores.

Vamos lembrar o que mudou no Brasil nos últimos anos?

Taxa Selic: a taxa básica de juros, que serve como referência para a economia do país e também referencia os financiamentos imobiliários, está no nível mais baixo da história. Em 2016 ela chegou ao ápice dos 14,25% e desde fevereiro deste ano está a incríveis 4,25%. Uma redução e tanto e que impacta diretamente nos créditos imobiliários!

Financiamentos: com a queda da Selic, bancos públicos e privados reduziram consideravelmente suas taxas de créditos imobiliários. Esses percentuais foram caindo, ano após ano, junto com a redução da taxa Selic, beneficiando a população que quer comprar sua casa própria ou investir em um novo imóvel.

Inflação: o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) tem apresentado índices bem menores nos últimos anos. Em 2019, a taxa ficou em 4,31%. Em 2018, 3,75%. Em 2017, foi de 2,95%. Enquanto que de 2010 a 2016, o índice ficou sempre acima de 5,8%, chegando ao patamar de 10,67% em 2015, no auge da crise política e econômica do país. E o que isso tem a ver com os imóveis? Há financiamentos que são atrelados ao IPCA, ou seja, quanto menor o índice, menor o valor pago pelo consumidor.

PIB maior na construção civil: o Brasil fechou 2019 com um PIB (Produto Interno Bruto) de 1,1%. Apesar de pequeno, o número é visto como positivo diante da crise econômica recente. Em 2015 e 2016 o país amargou dois PIBs negativos, de -3,5% e de -3,3%. A recuperação é lenta, mas estável. Mas o que chama a atenção no PIB de 2019 é a alta da construção civil. O setor apresentou crescimento de 1,6%, sendo esta a primeira alta após cinco anos consecutivos de queda!

Sabe o que isso quer dizer? Que estamos de volta à Era de Ouro do mercado imobiliário!

Superamos o período de crise e voltamos à fase de expansão imobiliária, com o auxílio das quedas das taxas de juros, da inflação, com a expectativa de novas reformas e de crescimento econômico.

E quem tem a ganhar com isso? O investidor em imóveis, que pode surfar nesta onda, especialmente em lugares que apresentam crescimentos constantes, como o Sul da Ilha. A região de Florianópolis tem expandido nos últimos anos seu mercado imobiliário e apresentado opções diversificadas para os que querem morar em Floripa. E tem opções para todos os bolsos e gostos!

Nos últimos 10 anos o país passou por três crises. No mesmo período, o Sul da Ilha passou e passa pela melhor fase de valorização e de expansão. É a oportunidade para quem quer investir com segurança!

 

Como agir então diante do pânico do mercado?

Saia do risco e da volatilidade e venha para a segurança do imóvel. Não é preciso ser especialista para fazer um bom negócio no mercado imobiliário. Hoje, com as boas taxas da economia, você pode encontrar ótimas oportunidades para diferentes perfis de compradores.

A famosa frase “imóvel sempre valoriza” é certeira. Isso ocorre devido às benfeitorias normalmente adicionadas ao imóvel, o que faz o valor percebido do imóvel aumentar e consequentemente elevar sua precificação.

Outra vantagem é que o imóvel pode ser uma fonte de renda e de lucros vitalícios. Por conta da solidez e da segurança, é considerado um tipo de investimento mais conservador em comparação a outros.

Diferente do mercado de ações e de renda variável, o mercado imobiliário não é volátil. O valor do imóvel não muda com crises, políticas externas ou variações da Bolsa.

A Bolsa de Valores pode despencar, o dólar pode subir, a taxa Selic e a inflação podem mudar, que seu imóvel continuará lá, valorizado e resguardado como um bem. É a segurança de ter um patrimônio sólido e garantia de seu dinheiro bem investido!

Já se imaginou morando de frente para a praia no Sul da Ilha? Tire esse sonho do papel agora mesmo e aproveite as oportunidades que o mercado tem para oferecer!

Felipe Coin Bacichette
Felipe Coin Bacichette
Felipe fornece as informações técnicas e mercadológicas para a produção de todo o conteúdo do Blog Santa Ilha. É administrador de empresas, especialista no mercado imobiliário e apaixonado pela arte de entender e atender as pessoas. Gaúcho de Caxias do Sul, foi lá que iniciou a vida de empreendedor e adquiriu experiência em grandes marcas do mercado imobiliário. Mora em Florianópolis-SC desde 2013, onde fundou a Santa Ilha Imóveis e encontrou o equilíbrio entre a realização profissional e a qualidade de vida. É casado e tem uma filha que já nasceu com os pés na areia ; )

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *