Cartilha do Financiamento de Imóveis
7 de abril de 2017

Casas geminadas podem ser um ótimo negócio

Projetos que entregam mais por menos. Conheça as vantagens.

Projeto de casas geminadas da construtora Engester no Sul da Ilha, um produto imobiliário cheio de vantagens para morar.

Casas geminadas são aquelas que, além de um mesmo terreno, podem compartilhar outras estruturas como telhado, paredes, etc. Ou seja, a ideia central é fazer um melhor aproveitamento de espaço e estruturas.

Há quem ainda tenha preconceitos contra imóveis geminados. Mas é preciso reconhecer que tudo depende do projeto e da planta. Uma casa geminada pode, sim, garantir privacidade e alto padrão de vida.

Em alguns casos, as casas geminadas chegam, inclusive, a ser adotadas como uma ótima solução de desenvolvimento sustentável.

Confira mais sobre o assunto e entenda por que as casas geminadas podem, sim, ser um ótimo negócio:

Plantas e projetos

Há casas geminadas apenas com pavimento térreo e outras que mais assemelham-se a um sobrado, com dois ou mais andares, dependências amplas e espaçosas.

Já são comuns também as casas geminadas de alto padrão, construídas com infraestrutura e materiais de luxo, como mármores, granitos, fachadas de vidro, etc. Algumas, inclusive, assinadas por arquitetos renomados.

E as plantas são as mais variadas: com suítes, closets, salas de jantar, livings, jardins de inverno, cozinhas, varandas, etc.

Como no caso de qualquer imóvel, também vale para as casas geminadas, a dica de pesquisar bem até encontrar o projeto/planta que mais se adapte aos seus gostos e objetivos.

Privacidade

Entradas independentes, garagens individuais, quintais e jardins exclusivos. Uma casa geminada certamente pode garantir toda a privacidade a seus moradores.

A depender da planta, há inclusive algumas casas geminadas cuja parede compartilhada é a de apenas um cômodo, como a do corredor, a do banheiro ou até a da garagem.

Se repararmos bem, em um prédio de apartamentos, muitas vezes, a privacidade chega a ser bem menor do que em uma casa geminada.

Em uma casa geminada, por exemplo, não há problemas em fazer uma reforma (colocar um sistema de aquecimento solar, construir uma piscina, fazer um jardim, pintar, reformar, etc.). Além disso, a casa em si permite outras atividades como brincar com os filhos no pátio, lavar o carro em casa, entre outras.

Outra forma de garantir mais privacidade em imóveis geminados são as contas separadas. Veja só:

Matrículas e contas separadas

Muita gente pensa que casas geminadas tem contas compartilhadas (de água, luz, etc.). Mas isso não é necessariamente verdade.

Na maior parte das vezes, apesar de geminadas, cada casa possui seu próprio Registro Imobiliário (matrícula), seu próprio hidrômetro, e os sistemas de cobrança de impostos, de água, de energia, etc. são todos separados.

As casas geminadas como solução sustentável de desenvolvimento

Como as casas geminadas fazem um aproveitamento melhor de espaços e materiais, essas construções podem ser vistas como opções de melhor custo-benefício e também mais sustentáveis.

No Sul da Ilha de Santa Catarina, por exemplo, onde o Plano Diretor é muito restritivo e proíbe a construção de prédios com mais de três andares, as casas geminadas são a solução ideal, pois evitam a verticalização excessiva (dos grandes edifícios), sem deixar de oportunizar o desenvolvimento da região, mantendo visual dos morros e o horizonte preservado.

Para os moradores, ainda há outras vantagens, como uma melhor circulação de ar, uma incidência melhor da luminosidade do dia, sem contar a amplitude da vista que confirma os benefícios da preservação ambiental e coloca o horizonte ao alcance dos olhos.

Quer conhecer opções de casas geminadas em Florianópolis? Acesse o site da Santa Ilha: www.santailha.com.br ou entre em contato pelo fone (48) 3206-4700.

Redação: Marketing Santa Ilha

Felipe Coin Bacichette
Felipe Coin Bacichette
Felipe fornece as informações técnicas e mercadológicas para a produção de todo o conteúdo do Blog Santa Ilha. É administrador de empresas, especialista no mercado imobiliário e apaixonado pela arte de entender e atender as pessoas. Gaúcho de Caxias do Sul, foi lá que iniciou a vida de empreendedor e adquiriu experiência em grandes marcas do mercado imobiliário. Mora em Florianópolis-SC desde 2013, onde fundou a Santa Ilha Imóveis e encontrou o equilíbrio entre a realização profissional e a qualidade de vida. É casado e tem uma filha que já nasceu com os pés na areia ; )

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *