7 maravilhas do Sul da Ilha: os lugares mais incríveis para visitar em Florianópolis
21 de dezembro de 2017
Florianópolis: 6 motivos que fazem a ilha da magia ser tão desejada para viver
22 de março de 2018

Praias do Sul da Ilha têm histórico de boa balneabilidade

two happy kids playing on the beach at sunset

Sabe aquela água do mar limpinha, cristalina e que dá até pra ver os pés embaixo d’água? O Sul da Ilha tem!

De acordo com o último relatório de balneabilidade divulgado pela Fatma (Fundação do Meio Ambiente), em 19 de janeiro de 2018, o Sul da Ilha é a região com mais pontos próprios para banho em Florianópolis. A região tem 75% de áreas com condições para banho no início deste ano.

Na temporada de verão, a Fatma faz análises semanais de balneabilidade na Capital para orientar os banhistas sobre as melhores condições das águas. O Sul da Ilha saiu na frente. Dos 12 pontos analisados, nove estão próprios para banho. A média de pontos em boas condições do Sul da Ilha, de 75%, é superior às das outras regiões. O Leste da Ilha tem 50% de pontos balneáveis, enquanto que o Norte tem 35%, o Continente tem 12,5% e o Centro da cidade não tem nenhum ponto considerado ideal para banho.

Praias do Sul da Ilha emolduram a Lagoa do Peri, com sua encantadora forma de coração.

E o destaque do Sul da Ilha não poderia ser outro: a Lagoa do Peri! Nos últimos 20 anos, a lagoa esteve 100% das vezes própria para banho. O enorme manancial de água doce é o ponto preferido das famílias no verão, com suas águas calmas, limpas e ar puro. Mas outras praias do Sul também apresentam um ótimo histórico de balneabilidade. É o caso do Pântano do Sul, que esteve com água própria para banho 97,1% nas últimas duas décadas, a praia da Base Aérea (96,9%), a da Solidão (96,8%), de Caiacangaçu (90,8%) e do Campeche (90,5%). Os dados dos últimos 20 anos foram compilados em uma matéria do jornal Notícias do Dia. Veja aqui.

A média do Sul da Ilha de 75% de pontos balneáveis é superior à média de Florianópolis, que está com 40% dos pontos próprios para banho e também das praias do Estado, que apresentam média de 49,3% de pontos balneáveis. Considerando-se o histórico das últimas duas décadas, o Sul da Ilha apresenta uma média de 85% de pontos próprios para banho. A balneabilidade costuma ser pior durante a alta temporada, quando há muita gente na cidade.

Esse é mais um dos motivos que faz o Sul da Ilha ser a região que mais cresce com qualidade na Grande Florianópolis. Além de suas belezas naturais, da proximidade com o Centro e das grandes obras viárias em andamento, a região ainda consegue preservar a qualidade da água com alta taxa de balneabilidade em diversas praias e lagoas. É preciso destacar que esse resultado é fruto de muito trabalho e conscientização da comunidade que é muito atuante e que tem um papel de fiscalizadora fundamental. As associações de bairro, como Amocam (Associação dos Moradores do Campeche), a Amoje (Associação dos Moradores do Jardim dos Eucaliptos) e a Associação dos Moradores do Morro das Pedras e Pântano do Sul, sempre se fazem presente nas reuniões, encontros e debates de melhorias e formas de fiscalizar o Sul da Ilha. Enquanto a Estação de Tratamento de Esgoto não é finalizada no Campeche, têm sido as associações, em conjunto com as pessoas conscientes da comunidade, que têm conseguido manter as praias limpas e próprias para banho.

Como conferir a balneabilidade

Os relatórios semanais de balneabilidade da Fatma estão disponíveis no site www.fatma.sc.gov.br e também pelo aplicativo Praias SC, que pode ser baixado para Android. A melhor forma de descobrir se a praia que você vai está própria para banho ou não é pela internet. As placas fixadas nas praias pela Fatma que indicam se o local está próprio ou impróprio podem estar desatualizadas, já que pode levar até dois dias para as equipes trocarem as sinalizações nas praias, além de constantes problemas de vandalismo.

Tratamento de esgoto para o Sul da Ilha

A balneabilidade do Sul da Ilha deve melhorar muito nos próximos anos com a conclusão de uma aguardada obra para a região. Em novembro de 2017, a Casan (Companhia Catarinense de Águas e Saneamento) deu início à construção da ETE (Estação de Tratamento de Esgoto) do Sul da Ilha. A coleta e tratamento de esgoto do Sul da Ilha é uma das obras de saneamento mais aguardadas de toda a Grande Florianópolis.

A previsão é finalizar a obra em 2019 e melhorar, principalmente, a região do Campeche, que sofre muito com ligações irregulares de esgoto. Com a ETE, a balneabilidade das praias melhorará, os rios ficarão mais preservados e os moradores terão mais saúde. O investimento total da obra de esgotamento sanitário é de R$ 59,7 milhões.

Enquanto a unidade de tratamento estiver sendo construída, a CASAN vai revisar as condições da rede implantada há uma década e instalar mais 12 quilômetros de rede, acrescidos para acompanhar o desenvolvimento populacional da região do Campeche.

Confira a balneabilidade do Sul da Ilha no primeiro relatório de 2018

  • Lagoa do Peri: própria
  • Armação do Pântano do Sul (ponto em frente à igreja da Vila): própria
  • Armação do Pântano do Sul (ponto na foz do Rio Sangradouro): imprópria
  • Praia da Base Aérea: própria
  • Praia de Caiacangaçu: própria
  • Praia da Solidão: própria
  • Praia da Tapera: imprópria
  • Praia do Campeche (em frente à avenida Pequeno Príncipe): própria
  • Praia do Campeche (Riozinho): imprópria
  • Praia do Campeche (100m à direita do Riozinho): própria
  • Praia do Pântano do Sul: própria
  • Praia do Ribeirão da Ilha: própria

Histórico de balneabilidade dos último 20 anos no Sul da Ilha

  • Lagoa do Peri: 100%
  • Pântano do Sul: 97,1%
  • Base Aérea: 96,9%
  • Solidão: 96,8%
  • Lagoinha: 91,5%
  • Caiacangaçu: 90,8%
  • Campeche: 90,5%
  • Ribeirão da Ilha: 87,9%
  • Armação: 60,7%
  • Tapera: 49,4%

Média dos últimos 20 anos: 85,5% de praias do Sul da Ilha próprias para banho.

Continue acompanhando nossas matérias sobre qualidade de vida no sul da Ilha de Santa Catarina 😉 Somos apaixonados por este estilo de vida e escolhemos trabalhar com imóveis para que você também possa realizar esse sonho! #SantaIlha #VivaFloripa

Felipe Coin Bacichette
Felipe Coin Bacichette
Felipe fornece as informações técnicas e mercadológicas para a produção de todo o conteúdo do Blog Santa Ilha. É administrador de empresas, especialista no mercado imobiliário e apaixonado pela arte de entender e atender as pessoas. Gaúcho de Caxias do Sul, foi lá que iniciou a vida de empreendedor e adquiriu experiência em grandes marcas do mercado imobiliário. Mora em Florianópolis-SC desde 2013, onde fundou a Santa Ilha Imóveis e encontrou o equilíbrio entre a realização profissional e a qualidade de vida. É casado e tem uma filha que já nasceu com os pés na areia ; )

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *